sábado, 30 de novembro de 2019

Medidor de indutância para filtros



Durante a semana estive pensando em um problema recorrente que tenho aqui no shack: o sinal de FM das broadcasts chegam muito forte por aqui (talvez por eu estar muito próximo da região da Avenida Paulista e do centro de São Paulo).

Isso, muitas vezes, dificulta a recepção dos sinais de HF pelo SDR.

Então, para contornar esse problema, eu resolvi construir alguns filtros rejeita banda (de 88 a 107 MHz - a faixa de FM). Entretanto, toda vez que penso em contruir tais fiiltros, recaio em outro problema: como medir indutâncias na faixa dos nano Henry?

Os instrumentos de bancada para efetuar essa medição são bastante caros (e eu não posso gastar dinheiro nenhum agora). Então, resolvi pesquisar na internet por algum projeto já pronto para fazer tais medições.

Foi aí que cheguei num projeto que achei muito interessante. Ele foi publicado na revista americana 73 Amateur Radio Magazine, na edição de setembro de 1990 (páginas 50 a 53 do PDF - artigo "The Coil Tester"). É um pequeno projeto, de autoria do nosso amigo radioamador Michael A. Covington - N4TMI, baseado num circuito tanque ressonante LC, capaz de atingir frequências de 20 KHz a 20 MHz.

Com isso, pode-se medir indutores na faixa de 0,2 uH até 0,2 H ou até mais!

O uso é bastante simples: basta conectar o indutor nos terminais (usei metade de um soquete de CI) e, com auxílio de um osciloscópio ou um frequencímetro, ler a frequência de ressonância do tanque LC do circuito. Depois, basta aplicar essa frequência na fórmula abaixo, isolar L e descobrir o valor do indutor (uma vez que o valor do capacitor é conhecido e sofre pouquíssima alteração):
Como é um circuito bem simples (usa dois FETs como base de um oscilador e um capacitor de precisão - stiroflex - de 150 pF), resolvi montá-lo.

Primeiramente, montei o circuito em protoboard para fazer a prova de conceito pois, como não tinha os dois FETs 2N5245 no estoque, resolvi usar os J310 que tinha por aqui.

Pois bem, depois do circuito montado em protoboard, testei alguns indutores industriais e o resultado surpreendeu! Obtive respostas muito boas nas medições!

Então, resolvi montar o circuito de forma permanente. Sou um admirador das técnicas "alternativas" de montagem e, mais uma vez, usei o estilo Manhattan na construção desse circuito.

As fotos do processo de montagem estão abaixo. Indico aos amigos que precisam medir pequenas indutâncias que testem esse circuito. Funcionou muito bem aqui na bancada.

Agora posso prosseguir com meus projetos de filtros...







Espero que tenham gostado. Depois, volto com mais novidades!

Forte 73  à todos!

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Paixão que nasce cedo


É muito legal quando algumas das coisas que mais gosta viram referências né?
Isso acontece comigo às vezes e uma dessas vezes foi em Stranger Things.
Ver o Dustin, vira e mexe, fazendo alguns QSOs no rádio é muito massa! Dá até orgulho de ser radioamador... 🥰
Esse clube de radioamadores na escola dos garotos é demais! Aqui no Brasil, já houve relatos de professores levando seus tranceptores às escolas onde dão aulas para fazer demostrações a seus alunos.
Torço para que a idéia se dissemine.
Vamos contagiar essa garotada com RF!


On the air 📡

Estamos no ar!


Recebi a antena que havia comprado. É uma antena dipolo rígida, dual band (banda dos 10 e 40 metros), Diex modelo DXA 1040.
A antena veio muito bem embalada e a entrega foi super rápida (mesmo via Correios 🙄).

Encomendei o mastro da antena numa serralheria do bairro. Pedi um mastro de 1"1/4, com 4 metros de comprimento e dois suportes.

Como hoje a chuva deu uma trégua aqui na capital, resolvi instalar a antena e fazer os testes com a nova estação.
A instalação dos suportes foi muito rápida e a montagem da antena durou cerca de 50 minutos. O que mais tomou tempo foi isolar as duas bobinas e as emendas da antena com a fita de autofusão.
Eu já havia preparado o cabo coaxial (soldei os dois conectores e isolei bem com fita de autofusão para evitar a entrada de água no cabo). Então, bastou conectar o cabo à antena e iniciar os testes.

Deixei a antena com o comprimento indicado no manual (60 cm nos irradiantes finais). A sintonia da antena, nos 40 metros, ficou por volta de 7,127 MHz (ROE 1:1). Vou deixar a antena assim por alguns dias para testar.
Uma coisa que notei foi que essa antena é bem estreita. Mas, como meu rádio tem um excelente acoplador de antenas, isso não chega a ser um problema.
Mais para frente, pretendo sintonizar a antena na frequência de 7,070 MHz. Nessa frequência e com o acoplador do rádio, a ROE (sem os ajustes nos irradiantes) está por volta de 1,3:1.
No primeiro câmbio que fiz com esse sistema irradiante, consegui contato com a estação PY1NK, do amigo Miguel, em Botafogo, no estado do Rio de Janeiro. Nada mal para um sistema recém instalado! 😃

Abaixo um vídeo da recepção do Yaesu FT 950 com o sistema irradiante Diex.

Por hoje é isso! Em breve volto com mais novidades!

domingo, 24 de novembro de 2019

O início de tudo

Olá!

Meu nome é Jonnes Nascimento e sou operador da estação PY2JFN.

Minhas maiores paixões são a eletricidade, a eletrônica e a radiofrequência. E eu tenho uma certa ideia da origem de toda essa paixão... 😁

Minha mãe conta uma história bastante interessante: ela trabalhou durante muitos anos na antiga Eletrônica Vetta (acho que era esse o nome). Essa empresa ficava na Mooca (bairro onde resido atualmente) mas, infelizmente, fechou as portas.

Segundo minha mãe, ela não só trabalhou durante anos como montadora (soldadora e testadora de aparelhos) como também trabalhou durante todo o período que me concebia, até o último momento antes de eu nascer. Ou seja, passei  minha concepção sendo exposto à fumaça do fluxo do estanho que ela usava no trabalho e sendo exposto, mesmo que indiretamente, àquele monte de pecinhas eletrônicas que, mais tarde, ditariam o rumo da minha vida.

Hoje estou cursando Engenharia Elétrica (me formo ano que vem - 2020 - depois de 6 longos anos de curso!) e já fiz muitos cursos técnicos em eletrônica e computação. Atualmente trabalho como Engenheiro de Software.

Mas depois de me apresentar, quero voltar ao assunto principal deste espaço, o radioamadorismo, e relatar aqui o primeiro passo que dei e de uma forma geral, a realização de um dos meus sonhos (sim, tenho vários e com a ajuda de Deus, tenho conquistado cada um deles 🙌).

Em abril deste ano (2019), depois de muita enrolação, resolvi fazer a prova na Anatel para obter meu Certificado de Operador de Estação de Radioamador (COER) e, assim, obter o indicativo para que eu pudesse montar minha estação de radioamador (eu já havia obtido há algum tempo o indicativo para minha estação de rádio da faixa do cidadão, 11 metros: PX2Z5003).

Então, depois de estudar o código Morse durante três meses e, diariamente, consultar a agenda da Anatel com as datas das provas, como eu disse, em abril de 2019, realizei o exame e passei como operador classe B.

Depois disso, começou a saga para montar a estação. Como a maioria dos colegas sabe, montar uma estação de radioamador não sai barato. Dependendo dos equipamentos, chega a custar muito mais do que um carro popular. São várias coisas: antena, transceptor, acoplador, fonte de alimentação, medidores, cabos, microfones, etc.

Eu já havia colocado na cabeça que começaria comprando um bom transceptor para que eu não precisasse trocar tão cedo. Depois de muita pesquisa, cheguei ao veredito: o rádio que compraria seria um Yaesu FT-950. Foi praticamente paixão à primeira vista!

Tenho muito interesse em DX e, pelas pesquisas que fiz, esse é um excelente equipamento para contatos desse tipo.

Pois bem, hoje (e depois de 7 meses juntando dinheiro), com a ajuda do nosso mais que conhecido amigo Bila, que tem uma loja virtual chamada Shopping do Bila, consegui realizar meu sonho.

Entrei em contato com ele e, como já era de se esperar, o Bila tinha um FT-950 praticamente NOVO! Bastou que ele me enviasse as fotos para que eu fechasse o negócio no mesmo momento.

Quem conhece o Bila sabe que todos os equipamentos que ele vende tem uma excelente procedência. Todos revisados e com garantia. Ele é o tipo de pessoa em que você pode confiar para fazer negócio, de olhos fechados!

Essas são as fotos do meu (querido) rádio:




Já encomendei também uma antena para operar na faixa dos 10 e dos 40 metros. Resolvi comprar uma antena dipolo rígida DXA1040 da Diex.

Durante essa semana vou providenciar o suporte e o mastro e, assim que ela estiver em funcionamento, faço um vídeo mostrando como está a recepção da antena aqui no QTH.

O próximo passo para deixar a estação "operável" vai ser comprar uma fonte decente (como você pode ver nos detalhes da foto, estou usando uma fonte "chinesinha" e uma carga fantasma para aprender o funcionamento do rádio - os menus, configurações, etc.

Em breve volto com mais notícias sobre a estação. Fique em sintonia!

Um forte 73 de PY2JFN!